Plural Gastronomia

ative novas possibilidades de percepção

ANIMAÇÕES SOBRE GASTRONOMIA NO YOU TUBE maio 29, 2009

Filed under: Uncategorized — Plural Gastronomia @ 3:02 pm

 

Este vídeo, além de ser muito engraçado, mostra alguns países sendo representados por pratos típicos. 

Daí entra a História da Humanidade, confrontos entre palestinos e judeus além de trechos da II guerra ilustram essa tragi-comédia humana.

Esta é uma animação de PES, Western Spaguetti e tem a cozinha como roteiro. O tempero é uma nota de 1 dólar.

Tradição é isso aí! .  Vejam a habilidade desse cara, é um performance só.

 

Pode o calendário lunar mudar o sabor dos vinhos ?

Filed under: Uncategorized — Plural Gastronomia @ 2:47 pm

moon

 

Este é um resumo de uma matéria que saiu no El Pais. A lua pode influir nas mares e até em nosso organismo. Será que as partículas tão voláteis como as aromáticas também estão sujeitas a essas mudanças?

O vinocultor Sergi Ferrer-Salat não segue à risca o calendário lunar para organizar suas catas mas, evita os dias menos propícios. Em sua opinião, a lua influi para apreciar melhor o vinho.

Existe um calendário biodinâmico, elaborado anualmente por uma agricultora alemã chamada María Thun, que nas estações da lua classifica os dias em fruto, flor, folhas e raiz. Nos primeiros dias o vinho se expressa melhor e nos últimos ficam piores. 

Se até agora esse tema te parece uma superstição, existem grandes distribuidoras de vinhos, como a inglesa Tesco Marks & Spencer, que vendem 1/3 de todo o vinho que se consome no Reino Unido, que seguem à risca o calendário Lunar.

A agricultura biodinâmica está baseada em um conjunto de teorías elaboradas pelo filósofo austríaco Rudolph Steiner nos anos vinte. Consiste em evitar pesticidas e fungicidas,  ter em conta os ritmos da lua e dos planetas e temperar a terra com certos preparados naturais.

Robin Goldstein é um crítico gastronômico partidário da cata às cegas para evitar prejuízos e sugestões tendenciosas. Goldstein acha essas atitudes supersticiosas e anticientíficas: “…é o clássico exemplo da espiritualidade associada ao vinho…”

Fantasias publicitárias ou teorías científicas, cada paladar pode julgar os benefícios do calendário lunar. Espere o melhor momento dos astros para tomar um bom vinho e comprovar ou não essa teoria.

 

O GOSTO TAMBÉM SE APRENDE maio 18, 2009

Filed under: Uncategorized — Plural Gastronomia @ 12:00 am

75036_4964-1

 

“Um Bom cozinheiro é um ativista do bom gosto, alguém que se esforça em melhorar o gosto da população. Creio que um bom restaurante é uma instituição educativa. Do mesmo modo que um colégio ou uma Universidade. Um grande desafio na atualidade para o mundo da cozinha é precisamente evitar que as próximas gerações fiquem  gastronomicamente alienadas.

 

É preciso fazer um esforço para capacitar as pessoas na arte de cozinhar e na arte de degustar. Isto  incluirá o conhecimento das propriedades nutritivas, os alimentos, as calorias,  a dieta correta, inclusive questões de justiça etc.. todos os fatores globais e ecológicos interculturais…

 

 

Por que não converter escola em uma instituição também para a educação culinária? Por que não pensar que o aprendizado de tudo que tem a ver com a comida tem o mesmo valor e importância para o gênero humano como foi o aprendizado da escritura e do cálculo?”

 

 

Este texto é do filósofo Daniel Innerarity, um dos pensadores mais importantes do mundo.

 

 

AS LIÇÕES DE TAMPOPO maio 3, 2009

Filed under: Uncategorized — Plural Gastronomia @ 1:32 am

 

 

Ontem fiquei feliz em poder rever um filme que me marcou muito na década de 80. O nome original do filme é TAMPOPO e no Brasil  tem este nome “Os brutos também comem spaguetti” (alguém sabe por que se alteram muito os nomes dos filmes?). Trata-se de uma comédia japonesa e a comida tem o fio contutor do roteiro. Tampopo é o nome da protagonista, uma cozinheira sem nenhum talento e passando por momentos difíceis. Após a visita de dois caminhoneiros, os personagens se lançam na busca da receita perfeita, aventuran-se por restaurantes, pesquisando, investigando e descobrindo segredos. Enquanto isso, o filme desenvolve uma série de outras pequenas narrativas paralelas (que são muito divertidas, pelo menos para mim…) que mostram a importância da comida na cultura e sociedade japonesa.

 

Direção:
Juzo Itami
Ano:
1985 
País:
Japão
Gênero:
Comédia
Duração:
114 min. / cor
Título Original:
Tampopo 
Título em inglês:
Dandelion